Celsio Jones Alegria actual técnico informático e Consultor. Administrador do Blogg...

INF

Pretendes ter um Site/blogg como este? ENTRE EM CONTACTO
Copyright ©2015-2016 Celsio Jones Alegria. Tecnologia do Blogger.

Pesquisar na Wikipedia

Resultados da pesquisa

What's Trending in Videoism

Popular Posts

Inscreva-se via e-mail

Assine a nossa newsletter para receber as atualizações mais recentes para sua caixa de entrada . ; - )

O seu endereço de e-mail está seguro com a gente!

Rate this Theme

Techonlogy

Subscribe Here

Sponsor

About

Kategori

Kategori

Recent Comments

Hello there!

Olá Seja bem vindo ao meu blogg espero que gostes e me ajuda a fazer crescer o blog

Acerca de mim

Minha foto

Sou um Web Designer, Construtor de Sites e Bloggs...
Celsio Jones Alegria, Solteiro de 19 anos de idade, nascido em Angola, morada actual Moxico, actual formador de Informática e Consultor do Clese. Desenvolvedor de sites Web. Estudante do curso de Ciências Humanas. Idiomas falado é, Português falado e Escrito Fluentemente, Inglês e Espanhol básico...

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Contact us

Translate

Social Share

Ads

Popular Posts

Newsletter

Subscribe Our Newsletter

Enter your email address below to subscribe to our newsletter.

Search Me

About Us

Popular Posts

Most Popular


A TECNOLOGIA EVOLUIU, EVOLUA VOCÊ TAMBÉM!



Há uns tempos atrás, os computadores eram vistos como “máquinas gigantes” que automatizavam   determinadas tarefas em instituições de ensino, grandes empresas e meios governamentais. Mas, com o avanço tecnológico, estas máquinas começaram a perder prestígio para outros equipamentos mais pequenos, mais poderosos e confiáveis. A evolução das telecomunicações permitiu que os computadores passassem a se comunicar, mesmo se localizando em lugares distantes geograficamente.
Mas, é importante salientar que, desde as máquinas mais remotas e simples até aos computadores mais avançados, a informação sempre foi o centro de tudo!
A informação é algo que possuí valor! E quando digital, se trata de um conjunto de dados classificados e organizados, mostrando que, qualquer pessoa ou empresa possa utilizar como base de algum objetivo. Qualquer pessoa tem acesso à informação que quiser, à hora que quiser e em qualquer lugar! É cada vez mais importante que se consiga obter informação da maneira mais rápida e eficaz!
Por isso é que as tecnologias de informação existem. Para que você esteja sempre em contato com tudo o que se passa no mundo! Na verdade, as aplicações para TI são tantas que há inúmeras definições para a expressão e nenhuma delas consegue avaliá-la por completo.
A informação depende da cultura, do mercado e de outros fatores relacionados com negócios ou outras atividades, que permitam que ela seja o foco de utilização de meios tecnológicos.
Atualmente, a informação atinge as mais diversas áreas de conhecimento e está cada vez mais perto das pessoas, mesmo sem elas se aperceberem. Não pela modernidade, mas pela necessidade de novos tempos. Afinal, a informação sempre existiu, mas agora de uma forma mais abrangente e poderosa.
Você pode entrar em contacto com seus familiares e amigos através de seu celular! Basta aceder a um aplicativo de chat ou chat online para sites– Jivochat – que a sua ligação para com os outros será cada vez maior e mais rápida!
Cada dia surgem novas descobertas na área tecnológico que nos leva a avanços antes não imaginados. Uma das áreas com grande investimento em pesquisas é a Internet of Things (Ou Internet das coisas), que se baseia em conectar dispositivos utilizados no nosso dia-a-adia (como geladeira, microondas, carros) a internet. Possibilitando, por exemplo, que o supermercado saiba quando é a hora de enviar mais comida para sua casa, pois a comida em sua geladeira está acabando. Imagine, que você tenha uma reunião de manhã e seu carro já tenha acesso ao seu calendário e saiba qual a melhor rota a ser tomada.


Leia mais em: http://www.adamsilva.com.br/tecnologia/a-tecnologia-evoluiu-evolua-voce-tambem/#ixzz4lKn0uM6U

Despedida - Acelson Gede Vídeo HD


Acelson Gede 
Título: Despedida 
Descrição:Vídeo Official
Género: Rap/Hip Hop
Ano de lançamento: 2017
Directed: CJA Maker

Acelson Gede Deixa Eu Tentar Vídeo Official



Acelson Gede 
Título: Deixa Eu Tentar 
Descrição:Vídeo Official
Género: Rap
Ano de lançamento: 2017
Directed: CJA Maker

MÉTODOS TRANSVERSAIS (PSICOLOGIA)


INTRODUÇÃO
Estudo transversal
Representa uma abordagem para a compreensão da criança e do adolescente através da descrição e exploração das mudanças psicológicas que as crianças\adolescentes sofrem  no decorrer do tempo.
A Psicologia do Desenvolvimento pretende explicar de que maneiras importantes as crianças mudam no decorrer do tempo e como essas mudanças podem ser descritas e compreendidas.
Para Biaggio (1980):
 “O que interessa à Psicologia do Desenvolvimento são as mudanças de comportamento que ocorrem não em função do tempo, mas em função de processos intra-organísmicos (internos) e de eventos ambientais que ocorrem dentro de determinada faixa do tempo” (p. 22).
Área de conhecimento da Psicologia que estuda o desenvolvimento do ser humano em todos os seus aspectos: físico-motor, intelectual, afetivo-emocional e social.
Campo da Psicologia que se ocupa do desenvolvimento individual, estudando os seus vários estágios e os processos e características de cada um.



DESENVOLVIMENTO
A Psicologia do Desenvolvimento pretende:
a)   Observar e descrever os fenômenos (exemplo: choro, agressão, linguagem, apego e etc.
b)  Explicar os fenômenos: explicar quais os processos subjacentes, quais os mecanismos psicológicos, internos, que atuam para possibilitar o aparecimento destes fenômenos comportamentais.
Evolução histórica
Fase 1 (Décadas de 1920 e 1930) – O objeto de interesse da Psicologia estava pautado em fenômenos concretos, como o sono e a alimentação da criança em várias etapas da sua vida.
O método utilizado era o método descritivo, baseado em observação natural. Ou seja, uma descrição dos fenômenos, sem interferência do pesquisador.
Exemplo: estudos sobre o desenvolvimento da linguagem que consistiam essencialmente de dados normativos apresentando o nível médio de palavras constantes do vocabulário de crianças de várias faixas etárias.
A teoria representativa da época era a de Gesell, que tinha como principal conceito a idéia de “maturação”.
Critica: não passa de um mero rótulo que sumariza e descreve observações, mas não explica as causas das mudanças no comportamento.
Fase 2 (Décadas de 1940 a 1950) – Há a tentativa de se estabelecer relações entre variáveis. Os conteúdos representaram um ponto intermediário entre o concreto da fase anterior e o abstrato da fase seguinte.
Utiliza-se com maior ênfase, nesse período, o método correlacional de pesquisa.
Proliferaram estudos sobre as relações entre inteligência e nível socioeconômico, ajustamento e nível socioeconômico, permissividade materna e ajustamento dos filhos, entre outros.
Fase 3 (Décadas de 1960 até hoje) – Os objetos de estudo estão pautados em temas abstratos, como a agressividade, ansiedade, pensamento, dependência, aprendizagem.
Interesse em explicar as causas das mudanças de comportamento. Predomínio do método experimental, utilizando-se estudos de laboratórios ou situações naturais onde as variáveis podem ser manipuladas.
Há grupos experimentais e de controle.
Objetivos
A Psicologia do Desenvolvimento procura descrever as funções psicológicas das crianças em diferentes idades, e descobrir como tais funções mudam com a idade.
Um dos seus objetivos é descobrir quando e como cada tipo de comportamento vai aparecendo.
Objetos de Estudo
O objeto de estudo da Psicologia do Desenvolvimento consiste nos processos intra-individuais e ambientais que levam a mudanças de comportamentos.
O ser humano na sua permanente evolução.
O que muda? Como muda? E quando muda?
Aspectos do Desenvolvimento
a)   Cognitivo
b)   Motor ou físico
c)   Perceptivo
d)   Linguagem
e)   Moral
f)    Psicossexual
g)   Comportameto social e personalidade
h)   Emocional
Métodos
Método descritivo – consiste na observação de fenômenos e registro das ocorrências.
O grau de precisão dessas observações varia desde a observação casual  até as observações mais controladas.
Método correlacional
Analisa e relação de co-variação entre dois fenômenos ou variáveis;
Em suma, verifica-se se, pelo menos, duas “coisas” caminham de forma conjunta, seja proporcionalmente ou não;
Trabalha com critérios matemáticos previamente definidos(valores estatísticos)
Maior quantidade de estudos;
Não responde causa e efeito;
Exemplos:
ü  Inteligência do filho e manifestações afetivas maternas positivas
ü  Quem vem antes?
ü  Em que condições se influenciam?
ü  Há uma 3ª variável em questão, porém, ainda não mensurada? (ex. prestígio social)
ü  Em que medida agem ?
ü  Como utilizar uma para afetar a outra?
Método experimental
A essência desse método é a de que o experimentador manipula algum fator (variável independente), mantém outras condições constantes e, dessa forma, verifica a variação sobre o fenômeno observado.
É o método mais seguro, pois permite ao experimentador o controle das variáveis.
A crítica feita a este método é o artificialismo e não serem, muitas vezes, passíveis de generalizações.
Exemplos:
ü  Crianças que são reforçadas através de elogios apresentam melhor desempenho em testes de inteligência?
ü  Dois grupos pareados: para um se oferece o estímulo e para o outro não
Método do uso de testes
Em Psicologia, um teste é um instrumento para apreciar as funções psicológicas ou aspectos de conduta, personalidade, em uma situação controlada.
No caso da Psicologia da Aprendizagem, por exemplo, os testes são muito utilizados no diagnóstico de aptidões dos alunos.
Exemplo: Testes de inteligência;
Método de observação transversal
São efetuadas em tempo muito menor, empregando sujeitos de diferentes idades.
Por ser mais fácil e econômico, o método transversal tem sido usado mais freqüentemente.
Exemplo: com a finalidade de se estudar o desenvolvimento do raciocínio seria utilizado crianças de idades variando de 4 a 10 anos e estas seriam submetidas a testes adequados a cada faixa etária.
Panorama atual
1.   Comportamentos Pró e Anti-Social na infância;
2.   Importância da ludicidade na infância;
3.   Desenvolvimento em condições singulares (ex. crianças de rua ou portadoras de necessidades especiais)
4.   Mídia, consumo e infância.
5.   Limites e infância: castigos e punição.
6.   Primeira Infância. 


Como Criar Um Blogger no Blogger

Como Criar Um Blogger no Blogger

Criar um Site no WordPress

Criar um Site no WordPress

Crie Um Site Grátis Hoje Mesmo no Wix

Crie Um Site Grátis Hoje Mesmo no Wix
Proxima  → Inicio

Postagem em destaque

Web Designer – O que faz, onde estudar e qual o salário

Postagens populares

Total de visualizações

Translate